17 de junho de 2021
Início / Mais Notícias / ‘Não me interessa o que fizeram no verão passado’, diz Ciro após assinar manifesto com a direita
Arte em Festa
(Foto: Reuters)

‘Não me interessa o que fizeram no verão passado’, diz Ciro após assinar manifesto com a direita

Ciro Gomes (PDT) disse que não se interessa pelo que possíveis aliados de direita “fizeram no verão passado” e que tem dois objetivos para o próximo ano: derrotar Jair Bolsonaro e apresentar um Projeto Nacional de Desenvolvimento.

A manifestação de Ciro Gomes pelo Twitter ocorre depois que o ex-governador do Ceará assinou um manifesto em defesa da democracia ao lado de outros cinco potenciais candidatos à presidência que apoiaram o golpe de 2016 e foram estratégicos na vitória de Jair Bolsonaro em 2018:  o apresentador Luciano Huck (sem partido), o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), os governadores João Doria (PSDB-SP) e Eduardo Leite (PSDB-RS) e o ex-presidente do partido Novo, João Amoedo.

O PDT pode abrir mão da candidatura presidencial de Ciro Gomes em 2022 em busca de consenso com partidos da direita e de “centro” para lançar um único nome, segundo o Valor Econômico.

Ele é um dos possíveis pré-candidatos que assinaram um manifesto articulado por Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro.

A ideia do PDT surgiu justamente após a divulgação do manifesto, que apareceu como um tipo de frente para as eleições de 2022.

 

Brasil 247

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Deputado estadual do Ceará é detido após descumprir decreto em Porto de Galinhas

Um vídeo com o deputado estadual André Fernandes (Republicanos), do Ceará, resistindo a seguir as …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *