25 de fevereiro de 2021
Início / Mais Notícias / Auxílio Emergencial: Brasil não vai criar imposto para pagar benefício, diz Guedes
Arte em Festa
Duzentos Reais: Imagem/Reprodução

Auxílio Emergencial: Brasil não vai criar imposto para pagar benefício, diz Guedes

De acordo com membros da equipe, o imposto não é a solução para o problema.

A equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, vem defendendo que o país não vai criar um novo imposto para a realização do pagamento do auxílio emergencial. De acordo com membros da equipe, o imposto não é a solução para o problema.

Nos últimos dias, membros do governo vêm falando sobre a possibilidade de uma nova Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF). Dessa forma, recursos poderiam ser liberados para amparar pessoas em situação de vulnerabilidade durante a pandemia. A ideia é que o imposto desta vez fosse emergencial.

No entanto, de acordo com o ministro Paulo Guedes, nenhum imposto será criado para a realização do pagamento do auxílio.

O ministro informou  que o seu plano para que o país alcance o recurso para o pagamento do benefício  é cortar gastos com servidores. Há algumas semanas, Guedes anunciou o seu plano de mudar os gastos com essa área.

Projeto de lei cria novo benefício no valor de R$ 600

Uma nova proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados. O Projeto de Lei  58/21 concede o auxílio emergencial de R$ 600 aos brasileiros que se encontram em estado de vulnerabilidade durante a pandemia da Covid-19, até 30 de junho, retroativo a 1º de janeiro.

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS: Lula orienta Haddad a iniciar campanha do PT para 2022

Nome do PT à Presidência da República em 2018 e ex-prefeito de São Paulo, Fernando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.