25 de fevereiro de 2021
Início / Paraíba / Prefeita é vacinada contra Covid-19 ‘para encorajar população’, sem estar em grupos prioritários
Arte em Festa
Prefeita de Bélem, PB, Dona Aline (PDT), tomando a vacina contra a Covid-19 nesta terça-feira (19) — Foto: Reprodução/Prefeitura de Belém

Prefeita é vacinada contra Covid-19 ‘para encorajar população’, sem estar em grupos prioritários

Prefeita de Belém, Dona Aline (PDT), foi a primeira pessoa vacinada contra a Covid-19 no município paraibano.

A prefeita da cidade de Belém, Dona Aline (PDT), na Paraíba, foi a primeira pessoa do município a ser vacinada contra a Covid-19, nesta terça-feira (19), durante uma solenidade que marcou o recebimento das doses na cidade.

Um vídeo mostrando o momento em que ela é vacinada foi postado em uma rede social pela prefeitura da cidade. Nele, um funcionário da prefeitura narra a chegada das vacinas e fala que Dona Aline será a primeira a ser vacinada em Belém. Depois, uma enfermeira aplica a dose na prefeita e as pessoas presentes na solenidade aplaudem. Ao fundo, é possível ouvir fogos de artifício.

Ela é empresária e tem 78 anos. Apesar disso, não faz parte dos grupos prioritários da primeira fase de vacinação, formado por trabalhadores de saúde, indígenas aldeados, pessoas idosas institucionalizadas e pessoas com deficiência institucionalizadas.

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) informou que será instaurado, até está quinta-feira (21), um procedimento administrativo para acompanhar a vacinação nos municípios de Belém, Caiçara, Dona Inês e Logradouro e apurar eventuais falhas e problemas. Dentro desse procedimento, será apurado o caso da prefeita de Belém que foi vacinada, para averiguar se ela integra ou não grupo prioritário. Os prefeitos e secretários de saúde dos quatro municípios serão notificados para prestar informações e esclarecimentos sobre o assunto.

Ao G1, a assessoria de comunicação de Belém declarou que a prefeita se enquadraria no grupo prioritário, apesar de não ser profissional de saúde, porque faz diariamente visitas aos postos de saúde e está acompanhando o processo de vacinação na cidade. Além disso, o ato teria sido feito também para encorajar a população a se vacinar.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba (SES), o município de Belém deve vacinar 163 pessoas, sendo 112 para profissionais de saúde e 51 idosos asilados.

Grupos prioritários
No plano de vacinação do estado, as primeiras vacinas serão aplicadas em 54.689 paraibanos, representados por 42.925 trabalhadores de saúde, 10.432 indígenas aldeados, 1.212 pessoas idosas institucionalizadas e 120 pessoas com deficiência institucionalizadas. O registro das doses aplicadas será nominal e individualizado, por meio do número do Cartão Nacional de Saúde ou número do CPF do usuário.

De acordo com a nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde (SES), a prioridade, em caso de profissionais de saúde, é vacinar apenas quem está trabalhando na UTI Covid-19, enfermarias que tratam pacientes com a doença ou no Samu, além de equipes de vacinação que estejam envolvidas no plano. A informação está inserida em uma nota técnica divulgada nesta quarta-feira (20) pela SES.

 

Nota técnica elencando as propriedades de vacinação na Paraíba foi divulgada nesta quarta-feira pela SES — Foto: SES-PB/Reprodução
Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Homem é assassinado em Alhandra

Tiago Carneiro Batista, 31 anos, foi assassinado na manhã desta terça-feira (23) na cidade de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.