1 de dezembro de 2020
Início / Eleições 2020 / Maus tratos contra animal durante comício da candidata Célia Sales (PTB), em Maracaípe, revolta a internet
Arte em Festa
Foto: André Bica

Maus tratos contra animal durante comício da candidata Célia Sales (PTB), em Maracaípe, revolta a internet

Na última quinta-feira (22), a organização ambiental Salve Maracaípe publicou em suas redes sociais uma denúncia de maus tratos contra um animal durante comício da prefeita e candidata à reeleição pelo município de Ipojuca, Célia Sales (PTB). De acordo com a publicação, um jumento foi adesivado com praguinhas políticas por pessoas que participavam da caravana da candidata, durante visita realizada à praia. Acúmulo de sujeira e poluição sonora foram outras questões levantadas pela organização.

A denúncia foi enviada à rede social do projeto por um morador da localidade que flagrou o episódio, o rapaz também contou ter sido ameaçado ao tentar retirar os adesivos do animal. Fogos, gritaria e acúmulo de lixo foram outras reclamações apresentadas na postagem. Procurada pela reportagem do Diário de Pernambuco, a organização Salve Maracaípe afirmou que os maus tratos contra o animal “refletem a falta de respeito e cuidado com o meio ambiente que estamos vivenciando com a atual gestão”, disse. “O papel de um líder é influenciar seu público para fazer as coisas de forma correta, e isso infelizmente não aconteceu”.

A organização também afirmou que esse não é o primeiro episódio de descaso cometido pela gestão. “Não é a primeira vez que a candidata e prefeita vem a Maracaípe e causa uma enorme aglomeração, deixa lixo e provoca tumulto no trânsito local, fogos e barulhos, incomodando todos os moradores de Maracaípe”, criticou. Internautas também registraram indignação por meio de comentários na rede social, a exemplo de uma moradora. “Foi extremamente desagradável para minha filha especial que tem verdadeiro pavor de fogos”, registrou.

Em nota oficial divulgada pela assessoria de imprensa da candidata, a coligação Por Amor a Ipojuca e ao Ipojucano, pela qual Célia Sales concorre à eleição municipal deste ano, informou não haver provas que comprovem a associação da postulante “com atos de maus tratos aos animais, inclusive sem prova de que isso tenha sido de autoria de algum dos seus militantes”. Referindo-se a um dos nomes ligados à organização ambiental, o candidato a vereador pela ala opositora, Sidney Leite (PDT), a nota também caracterizou a denúncia como sendo de “uso eleitoreiro”. Em entrevista ao DP, Sidney informou estar afastado da organização.

Confira a nota na íntegra:

A coligação Por Amor a Ipojuca e ao Ipojucano informa que repudia qualquer associação da candidata Célia Sales com atos de maus tratos aos animais, inclusive sem provas de que isso tenha sido de autoria de algum dos seus militantes. A coligação ainda rejeita o uso eleitoreiro desse tipo de acusação. Em tempos de disseminação de fake news, é fundamental entender que candidatos de outras coligações não têm isenção para fazer acusações sem provas.

Diario de Pernambuco

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

João Campos crava rompimento com PT. No radar, implicações nacionais

“Não terá nenhuma indicação política do PT no meu governo”. A declaração do prefeiturável João …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.