27 de novembro de 2020
Início / Eleições 2020 / Juíza nega pedido da coligação de Lucas Romão para suspender pesquisa DataVox em Pedras de Fogo
Arte em Festa
(Foto: Divulgação/TSE

Juíza nega pedido da coligação de Lucas Romão para suspender pesquisa DataVox em Pedras de Fogo

A coligação alegou que a DataVox Pesquisa de Opinião Pública e Estatísticas LTDA registrou e realizou a pesquisa eleitoral em Pedras de Fogo sem atender aos requisitos legais previstos.

A juíza Higyna Josita de Almeida, da 44ª Zona Eleitoral da Paraíba, negou deferimento da Ação de Impugnação de Pesquisa Eleitoral com pedido de tutela antecipada contra a pesquisa DataVox em Pedras de Fogo. A ação foi ajuizada pela coligação ‘Pedras de Fogo Avançando com Cidadania’, do candidato a prefeito Lucas Romão (Cidadania).

Segundo apurou o ClickPB, a coligação alegou que a DataVox Pesquisa de Opinião Pública e Estatísticas LTDA registrou e realizou a pesquisa eleitoral no município de Pedras de Fogo sem atender aos requisitos legais previstos. A chapa de Lucas Romão pediu liminar para suspensão da divulgação do resultado da pesquisa.

A juíza Higyna Josita negou o pedido. “POSTO ISTO, com base nas razões retro expendidas, JULGO IMPROCEDENTE a Representação em epígrafe proposta por PEDRAS DE FOGO AVANÇANDO COM CIDADANIA em desfavor de DATAVOX PESQUISAS DE OPINIÃO PUBLICA E ESTATISTICAS LTDA.”

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Ex-deputado federal da PB é alvo de operação da PF que apura desvio de verba em obras contra a seca

O ex-deputado federal Benjamim Maranhão (MDB) e a mãe dele, ex-prefeita de Araruna, Wilma Maranhão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.