23 de setembro de 2020
Início / Pernambuco / Patrícia e Daniel dizem que não vão atacar candidatos da oposição e centram fogo no PT e PSB
Arte em Festa Recepções
Reprodução/Instagram

Patrícia e Daniel dizem que não vão atacar candidatos da oposição e centram fogo no PT e PSB

A coletiva da pré-candidata à Prefeitura do Recife, Patrícia Domingos (Podemos), e do deputado federal Daniel Coelho (Cidadania) deu o tom da campanha da aliança recém-formada. Os oposicionistas fizeram questão de destacar que o projeto é de oposição ao PSB e PT e que não centrará fogo nas demais pré-candidaturas antagonistas. A avaliação dos líderes políticos é de que o PT e PSB “querem fazer um segundo turno disfarçado” no Recife, pois ambos eram aliados há pouco tempo e que seus pré-candidatos representam o mesmo núcleo familiar. Os pré-candidatos João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) são primos.

“A gente tem um grande respeito pelas demais candidaturas do campo da oposição. O nosso oponente está do outro lado. É um ciclo de PT e PSB que arrastam a cidade no descaso e atraso que será encerrado esse ano e nós acreditamos no nosso projeto. Da nossa parte, a campanha será propositiva. Nós vamos discutir a cidade, os problemas da cidade e apresentar soluções para a cidade”, afirmou Patrícia Domingos.

“Não vejo sentido da gente fazer uma campanha questionando os candidatos de oposição. Vamos falar das nossas propostas e das nossas ideias e o eleitor vai fazer o julgamento. Nosso adversário a ser batido é o PT e PSB, que representam a mesma coisa”, afirmou Daniel.

Além de Patrícia Domingos, a oposição tem outros três nomes colocados na disputa: o ex-ministro Mendonça Filho (DEM) e os deputados estaduais Alberto Feitosa (PSC) e Marco Aurélio (PRTB). Após enfrentar uma disputa pela indicação do bloco antagonista para a disputa municipal, Daniel Coelho e Mendonça Filho vivenciaram um tensionamento no bloco, mas indicam que a tensão foi superada. Sem ambiente para apoiar o democrata ou manter sua pré-candidatura, Daniel desistiu da disputa e resolveu apoiar Patrícia Domingos.

Demonstrando confiança na vitória da aliada, Daniel Coelho afirmou que a aliança firmada no Recife deverá ser representada em projeto também para 2022. Segundo ele, o projeto visa acabar com o ciclo do PSB, que “começará no Recife e será encerrado no Governo do Estado”.

“O projeto é um projeto coletivo e de grupo. ao longo da minha vida eu tenho demonstrado isso e demonstrei de novo com o apoio a Patrícia. Não tenho dúvida de que patrícia vai ganhar essa eleição. E, em 2022, esse palanque de alguma forma estará representado e nós vamos encerrar esse ciclo do PSB. A começar no Recife. Nós já encerramos em cidades importantes como Caruaru e vamos encerrar no governo do Estado. Não necessariamente comigo, mas com esse time que representa a mudança que Pernambuco tanto deseja”, afirmou.

Folha/PE

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Ariano Suassuna é oficializado como Patrono da Cultura do Estado

Apesar de ser paraibano, o escritor desenvolveu todo seu trabalho intelectual no Recife Oficializada hoje …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.