29 de novembro de 2020
Início / Paraíba / Caaporã: MPE recomenda diretrizes para garantir legalidade eleitoral durante a pandemia de coronavírus
Arte em Festa

Caaporã: MPE recomenda diretrizes para garantir legalidade eleitoral durante a pandemia de coronavírus

O Ministério Público Eleitoral expediu, na última sexta-feira (03/04) recomendação aos gestores públicos de Caaporã, Pitimbu e Alhandra com diretrizes a serem tomadas nas medidas voltadas ao enfrentamento da pandemia do novo coronavírus, garantindo que não sejam usadas para fins promocionais ou eleitorais. A recomendação foi expedida pela promotora da 73ª Zona Eleitoral, Miriam Pereira Vasconcelos.

No documento, a promotora Miriam Vasconcelos recomenda a prefeitos, secretários, procuradores-gerais e servidores públicos dos três municípios que a distribuição gratuita à população de bens, serviços, valores ou benefícios, diante da situação de emergência declarada após o surto do novo coronavírus deve ser feita com prévia fixação de critérios objetivos (quantidade de pessoas a serem beneficiadas, renda familiar de referência para a concessão, dentre outros) e estrita observância do princípio constitucional da impessoalidade.

Também foi destacado que é vedado o uso promocional em favor de agente público, candidato, partido ou coligação, da distribuição gratuita de bens, serviços, valores ou benefícios. Além disso, deve ser comunicada ao Ministério Público Eleitoral com antecedência que for possível, mas com limite de cinco dias após à execução, a distribuição gratuita de bens, serviços, valores ou benefícios.

Segundo a promotora Miriam Vasconcelos, configura conduta vedada aos agentes públicos fazer ou permitir uso promocional em favor de candidato, partido político ou coligação, de distribuição gratuita de bens e serviços de caráter social custeados ou subvencionados pelo Poder Público. Além disso, é proibida, no ano em que se realizar a eleição, a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da Administração Pública, exceto em casos de calamidade pública, estado de emergência ou de programas sociais já em execução.

Em caso de descumprimento da recomendação, serão tomadas as medidas cabíveis para a responsabilização dos agentes públicos nas penalidades correlatas à legislação eleitoral ou outras aplicáveis. De acordo com a promotora de Justiça, a população dos três municípios pode encaminhar denúncias de descumprimento para o e-mail caapora@mppb.mp.br.

MPPB

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Homem com tornozeleira eletrônica é socorrido após sofrer ataque a tiros em Pedras de Fogo

Um homem foi baleado na noite desta segunda-feira (23), na cidade de Pedras de Fogo, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.