30 de março de 2020
Início / Notícias / MP apura irregularidades em licitação de Alhandra para construção de escola orçada em mais de R$ 1 mi
Arte em Festa Recepções
Renato Mendes (Dem), prefeito de Alhandra

MP apura irregularidades em licitação de Alhandra para construção de escola orçada em mais de R$ 1 mi

De acordo com a promotora, a notícia de fato tramita há mais de 30 dias, e existe a necessidade da realização de diligências para a apuração dos fatos

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), por meio da Promotoria de Justiça Cumulativa de Alhandra, instaurou na quinta-feira (13), um inquérito civil público para apurar supostas irregularidades na seleção da empresa vencedora de um processo licitatório, realizado no município, sob a responsabilidade do prefeito Renato Mendes (DEM).

A empresa ganhadora foi a Construtora Antenas Eireli, que ficou responsável pela construção de uma unidade escolar com 6 salas de aula, no Distrito de Mata Redonda, com o orçamento de R$ 1.109.346,95.

A promotora responsável pelo inquérito, Ilcléia Cruz de Souza Neves Mouzalas, solicita a cópia integral do processo licitatório, e informações acerca do motivo da desclassificação das empresas Aquino Diniz e Matrix Construtora.

De acordo com a promotora responsável pelo inquérito, a notícia de fato tramita há mais de 30 dias, e existe a necessidade da realização de diligências para a apuração dos fatos.

O prefeito Renato Mendes tem o prazo de 15 dias para apresentar a defesa sobre a denúncia.

 

Paraíba Já

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Prefeitura de Pedras de Fogo solicita doação de 1000L de álcool 70% à Usina Olho D’água e é atendida. O insumo será utilizado na prevenção ao vírus.

Em meio à crise causada pela pandemia do coronavírus (Covid-19), que assola o mundo inteiro …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.