29 de setembro de 2020
Início / Paraíba / MP abre inquérito para apurar gastos com viagens dos vereadores de Santa Rita
Arte em Festa Recepções
MP abre inquérito para apurar gastos com viagens dos vereadores de Santa Rita
MPPB abre inquérito para apurar gastos com viagens dos vereadores de Santa Rita

MP abre inquérito para apurar gastos com viagens dos vereadores de Santa Rita

Ex-presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Saulo Gustavo Souza Santos, deve devolver R$ 597,7 mil ao município pelo pagamento excessivo de diárias aos parlamentares.

Um inquérito civil foi instaurado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) para investigar gastos com viagens feitas pelos vereadores de Santa Rita, na Grande João Pessoa. A abertura do procedimento foi autorizada através de uma portaria publicada pelo órgão nesta terça-feira (10).

De acordo com o documento, a ação tem o objetivo de apurar uma suposta fraude na realização de cursos, feitos fora do estado, pela Câmara Municipal de Santa Rita.

Já na última quinta-feira (5), o Tribunal de Contas da Paraíba (TCE) decidiu que o ex-presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Saulo Gustavo Souza Santos, deve devolver R$ 597,7 mil ao município pelo pagamento excessivo de diárias aos vereadores.

No dia 5 de novembro deste ano, onze vereadores e um contador da Câmara Municipal de Santa Rita foram presos, suspeitos de desviar dinheiro público para custear despesas de uma viagem feita para a cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul.

 

G1/PB

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Por atrasar salários de servidores, ex-prefeito de Caaporã é condenado por Improbidade Administrativa

Por atrasar os salários dos servidores públicos do Município de Caaporã durante os anos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.