16 de dezembro de 2019
Início / Paraíba / Justiça mantém pena de cabo da PM condenado por matar e estuprar enteada Rebeca
Arte em Festa Recepções
Justiça mantém pena de ex-padastro condenado por matar e estuprar jovem Rebeca
Foto: Dani Fechine/G1/Arquivo

Justiça mantém pena de cabo da PM condenado por matar e estuprar enteada Rebeca

Caso ocorreu em 2011; ex-padastro da jovem foi condenado em março de 2019 e defesa pediu redução de pena.

A Justiça decidiu manter a pena de 31 anos de prisão do cabo da Polícia Militar Edvaldo Soares da Silva, ex-padrasto condenado por matar e estuprar a ex-enteada Rebeca Cristina, em 2011, em João Pessoa.

A defesa de Edvaldo alegou que a decisão do júri popular contraria a prova dos autos e pediu um novo julgamento pelo Conselho de Sentença. A defesa ainda questionou a parcialidade dos jurados, a obrigatoriedade de testemunha e, caso fosse mantida a condenação, solicitou a redução da pena.

Por unanimidade, a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba manteve a sentença do 1º Tribunal do Júri da Comarca da Capital, de março de 2019. Edvaldo foi condenado a 31 anos em regime fechado por homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e com recurso que dificultou a defesa da ofendida, além de estupro qualificado.

A decisão desta quinta-feira (28) ainda cabe recurso. O G1 entrou em contato com a defesa de Edvaldo, mas não teve as ligações atendidas.

Rebeca Cristina, com 15 anos, um dia antes da sua morte, em João Pessoa
Foto: Dani Fechine/G1/Arquivo
Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Homem é preso na Paraíba com anabolizantes, seringas e medicamentos sem receita

Suspeito levaria o material para a Europa, diz PRF. Um homem de 33 anos foi …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.