29 de setembro de 2020
Início / Paraíba / Oléo recolhido de praias no Nordeste irá para fábrica de Pitimbu, Litoral Sul da Paraíba
Arte em Festa Recepções

Oléo recolhido de praias no Nordeste irá para fábrica de Pitimbu, Litoral Sul da Paraíba

O óleo recolhido no Litoral nordestino será coprocessado e utilizado como combustível e/ou matéria-prima alternativa pela indústria de cimento brasileira. A informação foi confirmada pela Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) – entidade que representa dez grupos responsáveis por 80% do cimento produzido no país.

Uma das fábricas que está em negociação para receber esse material é o Grupo Brennand Cimentos empresa pernambucana, que mantém uma unidade instalada em Pitimbu, no Litoral Sul da Paraíba.

Segundo a ABCP, os detalhes logísticos e comerciais referentes ao manuseio do óleo estão sendo tratados, individualmente, por cada uma das cimenteiras e órgãos estaduais envolvidos.

A assessoria de imprensa do Grupo Brennand Cimentos informou que a negociação ainda está em andamento.

Se viabilizado o uso do óleo, ele será totalmente destruído, evitando assim novos impactos ambientais causados por um eventual descarte incorreto.

Esse reaproveitamento será feito por meio da tecnologia do coprocessamento, utilizada para substituir os combustíveis fósseis como coque de petróleo e carvão mineral na geração de energia térmica para a fabricação de cimento.

O processo aproveita resíduos de diferentes naturezas, como de atividades agrícolas, industriais e urbanos em substituição a estas matérias-primas não renováveis para a geração de energia. Nos últimos quinze anos, foram coprocessadas cerca de 13 milhões de toneladas de resíduos nas fábricas de cimento do Brasil.

O presidente em exercício, Davi Alcolumbre, afirmou que vai editar uma Medida Provisória (MP) para liberar recursos emergenciais aos municípios nordestinos atingidos pela mancha de óleo.

“[Uma MP] para que os recursos cheguem na ponta, para que os estados e municípios possam de fato promover um aporte num contingente de trabalhadores nessas regiões, que já tiraram mais de mil toneladas desse rejeito das praias do Nordeste”, comentou, em entrevista coletiva em Alagoas.

“Será mais cômodo e produtivo se o governo federal, de maneira direta, possa, do ponto de vista legislativo, auxiliar o Nordeste brasileiro, os governos e prefeituras afeta- das. Nós partimos do princípio de que uma MP pode sim, de fato, resolver imediatamente o custeio e a manutenção das despesas”, disse, explicando que essa é uma ferramenta eficaz no combate a episódios da natureza desse desastre ambiental.

 

Portal do Litoral

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Por atrasar salários de servidores, ex-prefeito de Caaporã é condenado por Improbidade Administrativa

Por atrasar os salários dos servidores públicos do Município de Caaporã durante os anos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.