27 de setembro de 2020
Início / Pernambuco / Óleo nas praias do NE. Marília Arraes assina CPI de João Campos, mas quer frente ampla em defesa do litoral
Arte em Festa Recepções
Óleo nas praias do NE. Marília Arraes assina CPI de João Campos, mas quer frente ampla em defesa do litoral

Óleo nas praias do NE. Marília Arraes assina CPI de João Campos, mas quer frente ampla em defesa do litoral

Sem muito alarde, a deputada federal do PT Marília Arraes, adversária de João Campos, do PSB, assinou o pedido de instalação de uma CPI para o vazamento de óleo nas praias do Nordeste.

O vazamento de óleo no litoral do Nordeste já é considerado como um dos maiores crimes ambientais da história do Brasil. Até o momento, mais de 200 praias foram atingidas e cerca de mil toneladas do resíduo retiradas por voluntários e representantes de entidades ligadas ao Meio Ambiente.

Pois bem. A deputada federal Marília Arraes (PT-PE) apresentou duas propostas de ações legislativas: a transformação da sessão plenária da Câmara dos Deputados em Comissão Geral, para que o tema possa ser amplamente debatido entre parlamentares, especialistas e representantes dos mais diversos setores da sociedade e do Executivo e a criação de uma Frente Parlamentar em Defesa do Litoral Brasileiro.

O objetivo seria ampliar o debate com parlamentares de todo o País e propor soluções para o combate dos efeitos e investigar a origem do vazamento.

“A CPI tem o objeto único específico pra o que ela foi criada e vai investigar as causas do acidente especificamente. A Frente é ampla no sentido de que não é só pelo Nordeste, engloba qualquer área do litoral brasileiro. A Frente também tem caráter permanente e pode trabalhar em cima de ações preventivas, proposições, questionamentos… A CPI agrega um número bem menor de parlamentares, enquanto a Frente tem um número bem maior”, explicou a assessoria.

O requerimento para a convocação da Comissão Geral foi encaminhado ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

“É urgente que todas as instâncias se unam na busca por soluções e para a investigação do que de fato aconteceu. O que está acontecendo no Nordeste é um crime sem precedentes. É fundamental investigar a origem e punir os culpados”, afirmou a vice-líder do PT na Câmara.

A coleta de assinaturas para a instalação da Frente Parlamentar segue a todo o vapor e tem recebido o apoio de parlamentares de vários estados e legendas.

“Hoje é o Nordeste que está vivendo os efeitos desse pesadelo. Mas amanhã pode ser qualquer outra região. Não podemos deixar que nosso litoral vire terra de ninguém”, destacou a deputada.
A parlamentar encaminhou, ainda, dois requerimentos de informações: um para o Ministério do Meio Ambiente e outro para o Ministério da Defesa.

Para ambas instituições foram pedidos esclarecimentos sobre as ações tomadas desde a identificação do início do problema, o planejamento para os próximos passos e as informações sobre a investigação das causas e dos responsáveis por este desastre.

Em Pernambuco, o vazamento atingiu os municípios de Paulista, Jaboatão dos Guararapes, São José da Coroa Grande, Barreiros, Tamandaré, Rio Formoso, Sirinhaém, Ipojuca e Cabo de Santo Agostinho.

Além do dano irreparável na fauna e flora desses lugares, o derramamento também prejudicará a economia e a rotina da população litorânea.

Blog de Jamildo

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

PE libera festas, cinemas, teatros e aumento da capacidade de bares e restaurantes a partir de segunda

Também foi anunciada a permissão geral da entrada de turistas em Noronha, mesmo para os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.