11 de dezembro de 2019
Início / Paraíba / Casos de feminicídio crescem 53% em um ano na Paraíba, indica Anuário Brasileiro da Violência
Arte em Festa Recepções
Casos de feminicídio crescem 53% em um ano na Paraíba, indica Anuário Brasileiro da Violência
Paraíba registrou a quarta maior alta de feminicídio entre os estados brasileiros — Foto: Editoria de Arte/G1

Casos de feminicídio crescem 53% em um ano na Paraíba, indica Anuário Brasileiro da Violência

Estudo ainda apontou que 74% das mulheres mortas na Paraíba em 2018 foram vítimas de feminicídio, pior proporção entre os estados da Paraíba.

O número de feminicídios na Paraíba cresceu aproximadamente 53% entre 2017 e 2018, segundo dados do Anuário Brasileiro da Violência 2019, divulgado nesta terça-feira (10). Conforme dados levantados pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os casos passaram de 22 para 34 entre 2017 e 2018. Foi a quarta maior alta em relação aos estados brasileiros, atrás apenas de Sergipe (163,9%), Amapá (145,2%) e Rondônia (100%).

Ainda em relação aos casos de violência contra a mulher presentes no Anuário, o feminicídio é a principal causa de morte das mulheres na Paraíba. O estudo aponta que 46 mulheres foram mortas em 2018 no estado, sendo que quase 74% delas foram vítimas de feminicídio, quando a motivação do crime é relacionada às questões de gênero.

A relação dos números da Paraíba entre mulheres mortes e mulheres mortas por feminicídio no ano passado, de aproximadamente 74%, é a maior entre os estados brasileiros. Em 2017, o mesmo dado na Paraíba era de aproximadamente 42%. O ranking dos maiores índices de feminicídio em relação aos assassinatos de mulheres é completado por Distrito Federal (62%) e por Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul (57%).

Em contrapartida, o número absoluto de mulheres assassinadas no estado caiu em cerca de 12% entre 2017 e 2018, de acordo com o Anuário Brasileiro da Violência. Foram seis mulheres mortas a menos no ano passado.

Os casos de estupro de também caíram no período, passando de 329 para 239 casos de estupros com mulheres vítimas no ano passado em 2018. Outro dado que praticamente não variou foi o de agressões decorrentes de violência doméstica. Foram 2.014 casos registrados em 2017 e 2.002 casos em 2018.

G1/PB

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Julian Lemos convida a juíza criminal Conceição de Lourdes para disputar a prefeitura de Bayeux contra o ex-presidiário Berg Lima

Bayeux pode ganhar mais uma boa opção eleitoral para se livrar de vez do ex-presidiário …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.