17 de outubro de 2019
Início / Mais Notícias / Criança de quatro anos via pai e madrasta fazendo sexo e ainda participava de ato
Arte em Festa Recepções
Criança de quatro anos via pai e madrasta fazendo sexo e ainda participava de ato
Daniela Sevieri/Banda B

Criança de quatro anos via pai e madrasta fazendo sexo e ainda participava de ato

Polícia Civil agiu nesse e também em outros casos envolvendo menores de idade…

A Policia Civil do Paraná, através do Núcleo de Proteção a Criança e ao Adolescente vitimas de Crime de Ponta Grossa, na última semana, deu cumprimento a 4 mandados de prisão. Ocorre que no final do mês de julho e começo de agosto os policiais civis deram início a 3 investigações distintas envolvendo crianças e adolescentes de 04, 11, 14 e 15 anos.

Em uma das investigações foi constatado que um casal, pai e madrasta, tinham relação sexual na presença da vitima, onde inclusive a mesma, com apenas 4 anos de idade, participava do ato sexual, acreditando estar em uma brincadeira.

“A vitima começou a querer representar a brincadeira de marido e mulher com outras crianças do seu convívio fato esse que chamou a atenção de familiares que o encaminharam para acompanhamento psicológico. E foi durante uma das sessões com a psicóloga que a vítima relatou espontaneamente essa relação sexual a três, ou seja, ele, o pai e a madrasta”,afirma a delegada Ana Paula Cunha Carvalho.

Na mesma época a equipe investigava o caso de uma menina de 11 anos, que estava sendo abusada sexualmente pelo padrinho. Nessa situação foi verificado que o agressor também ameaçava a criança dizendo que iria matar a mãe, as irmãs e a própria vitima caso a menina revelasse os abusos que sofria.

A delegada do NUCRIA ressalta que nesse tipo de crime é comum a vítima demorar para denunciar uma vez que ela sente medo e não entende o que está ocorrendo. “Nesse caso o padrinho presenteava a vítima com material escolar, celular, roupas e calçados. E como a criança tem medo de contar pra alguém, guarda pra si e começa a externar a violência sofrida de outra forma, como a diminuição no rendimento escolar, depressão, automutilação e rejeição com o agressor, chamando a atenção de pessoas próximas”, enfatiza.

A terceira investigação envolve dois adolescentes, do sexo masculino, que vinham sendo abusados por um homem de 57 anos. “Conversas apresentadas por uma das vitimas demonstraram o interesse do investigado em manter um relacionamento sexual com os adolescentes, como também o vínculo que o mesmo tentava manter com os jovens lhes oferecendo presentes e lanches”, destaca a delegada.

De março a agosto desse ano o NUCRIA-Ponta Grossa, realizou 17 prisões pela pratica do crime de estupro de vulnerável. Segundo a delegada Ana Paula Cunha Carvalho, ” esse número representa a confiança que a população tem no trabalho que estamos realizando na cidade. Todos os dias recebemos inúmeras denúncias envolvendo crimes que vão desde maus-tratos, negligencia, abandono e violência sexual. É muito importante estar atento ao comportamento da criança e do adolescente e havendo alguma suspeita procurar os órgãos de proteção “, alerta Ana Paula.

O texto é da assessoria de imprensa.

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Descubra como tirar as melhores fotos com seu telefone celular

Nossa vida é muito curta, não é mesmo? Nada melhor do que aproveitá-la ao máximo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.