25 de agosto de 2019
Início / Pernambuco / PM prende seis por sequestrar e espancar jovem para descobrir paradeiro de bens roubados
Arte em Festa Recepções
PM prende seis por sequestrar e espancar jovem para descobrir paradeiro de bens roubados
O grupo foi preso por equipes da Roesp do 26º Batalhão de Polícia Militar — Foto: Elvys Lopes/TV Globo

PM prende seis por sequestrar e espancar jovem para descobrir paradeiro de bens roubados

Três homens foram presos e três adolescentes apreendidos por suspeita de sequestrar e espancar um jovem de 17 anos em Igarassu, no Grande Recife, neste sábado (20). Aos policiais militares, um dos homens alegou que o jovem tinha assaltado a casa dele e que o espancou para tentar descobrir onde estavam os bens. Um dos detidos é monitorado por tornozeleira eletrônica.

O grupo foi capturado por duas equipes da Rondas Ostensivas Especializadas Sargento Pimentel (Roesp), do 26° Batalhão da Polícia Militar (BPM). O adolescente E.F.D.S. foi localizado com diversos cortes, alguns deles feitos com uma faca encontrada com o grupo, e foi socorrido para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), segundo a Polícia Civil.

As equipes da PM realizavam rondas de rotina no Loteamento Agamenon Magalhães, em Igarassu, quando foram abordadas pelo irmão da vítima, um rapaz de 18 anos. Ele informou que, uma hora antes, homens chegaram em um carro preto e invadiram a casa onde moram. O irmão mais novo foi capturado pelo grupo e levado no veículo. O mais velho conseguiu fugir, correndo pela porta traseira da residência.

Os agentes fizeram buscas no loteamento e, com a ajuda do irmão da vítima, localizaram o carro, um Pálio quatro portas, na Rua Azulão. O grupo ainda tentou fugir, mas a Polícia Militar conseguiu interceptar o veículo. Dentro dele, estavam seis homens e a vítima, que apresentava marcas vermelhas nas costas.

Ainda de acordo com a Roesp, o motorista do veículo disse que teve a casa furtada pelo adolescente e chamou cinco amigos da vizinhança para localizá-lo. Eles teriam começado a espancar o jovem para que ele contasse onde estavam os bens furtados, como ferramentas de trabalho, botijão de gás e gaiolas com passarinhos.

Os homens teriam usado pedaços de madeira e ferro para bater na vítima, além de terem desferido socos e murros. Pelas fotos mostradas pelos militares, é possível ver hematomas vermelhos nas costas do adolescente, que disse ter sido ameaçado de morte.

Três gaiolas com pássaros, que estavam no porta-malas do carro, foram apreendidas. Os seis homens foram levados para a Delegacia de Plantão de Paulista. Os nomes e idades não foram revelados. O homem monitorado por tornozeleira estava cumprido pena por tráfico de drogas, segundo a Roesp.

Os irmãos também foram levados para a delegacia. O mais velho confirmou, segundo os militares, que o outro praticou o furto. Na delegacia, também foi constatado que os irmãos têm passagens pela polícia por tráfico de drogas. Eles foram detidos este ano e liberados após audiência de custódia.

Os três adolescentes apreendidos têm 17 anos e os adultos idades que variam de 18 a 44 anos. Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de lesão corporal, cárcere privado e organização criminosa, enquanto os adolescentes pela equiparação dos mesmos crimes ao ato infracional.

G1/PE

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Carro pega fogo e túnel é interditado em Boa Viagem

Trânsito na Zona Sul do Recife ficou complicado por causa da interdição no Túnel Augusto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.