16 de janeiro de 2021
Início / Paraíba / Ferreira Costa diz que operário morto em obra usava equipamentos de proteção
Arte em Festa
Ferreira Costa diz que operário morto em obra usava equipamentos de proteção (Foto: Clilson Júnior)

Ferreira Costa diz que operário morto em obra usava equipamentos de proteção

Três funcionários foram atingidos pela queda de uma barreira dentro da obra que acontece na estrada de Cabedelo, BR-230.

A Ferreira Costa Home Center emitiu nota de esclarecimento, após o acidente que matou um trabalhador nesta terça-feira (8). Segundo a empresa, o operário usava todos os equipamentos de proteção durante o expediente. Três funcionários foram atingidos pela queda de uma barreira dentro da obra que acontece na estrada de Cabedelo, BR-230. Dois deles foram internados no Hospital de Trauma Senador Humberto Lucena.

Ainda conforme a nota da Ferreira Costa, a construtora tem prestado toda a assistência aos familiares do trabalhador. Veja a nota na íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Lamentamos muito o acidente ocorrido hoje pela manhã, nas dependências da nossa obra, quando veio a falecer um funcionário da construtora contratada para realização das obras. Ressaltamos que o funcionário estava devidamente registrado, obedecendo à legislação, bem como utilizando equipamentos de proteção individual de trabalho (EPIs). O funcionário foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e pelo SAMU, mas infelizmente não resistiu.

Informamos que a construtora está prestando toda assistência necessária aos familiares.

Ferreira Costa

João Pessoa, 08 de janeiro de 2019

 

ClickPB

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Estado da PB é condenado a pagar R$ 60 mil por morte de bebê em hospital de João Pessoa

Demora na realização de parto cesáreo resultou na morte de uma recém-nascida em 2016, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.