29 de setembro de 2020
Início / Paraíba / Polícia Federal Deflagra Operação Jotunheima em João Pessoa
Arte em Festa Recepções

Polícia Federal Deflagra Operação Jotunheima em João Pessoa

Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira, (18), a operação JOTUNHEIM, a fim de reprimir o comércio clandestino de medicamentos anabolizantes, sem registro na ANVISA, para praticantes de atividades físicas.

Aproximadamente 25 Policiais Federais, cumpriram três mandados de busca e apreensão em João Pessoa, expedidos pela 1a Vara Criminal da Capital, com o objetivo de coletar provas e indícios para a responsabilização criminal dos envolvidos.

A ação de cumprimento das buscas acima referida contou com o acompanhamento de equipe da Corregedoria da Polícia Militar, tendo em vista que o principal investigado pertence aos quadros da referida instituição.

A investigação, desenvolvida pela Polícia Federal, teve início após a apreensão de encomenda postal com grande quantidade de produtos farmacêuticos irregulares, que seriam comercializados em academias de João Pessoa.

A análise química dos produtos apreendidos revelou que se tratavam de medicamentos corrompidos, contendo substância química diversa da indicada no rótulo do medicamento.

O crime investigado (Falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais) possui pena de até 15 anos de reclusão.
O nome da operação faz alusão à mitologia nórdica, referindo-se ao lar dos gigantes de gelo.

 

PBPE com Polícia Federal

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Por atrasar salários de servidores, ex-prefeito de Caaporã é condenado por Improbidade Administrativa

Por atrasar os salários dos servidores públicos do Município de Caaporã durante os anos de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.