29 de setembro de 2020
Início / Paraíba / Bandidos estouram acesso ao PB1 e provocam fuga em massa de detentos em presídio de João Pessoa
Arte em Festa Recepções

Bandidos estouram acesso ao PB1 e provocam fuga em massa de detentos em presídio de João Pessoa

Cenário de guerra! O acesso a uma das alas do Presídio PB1, situado em Jacarapé, em João Pessoa, foi estourado por um grupo criminoso fortemente armado na noite deste domingo (9). Pelas redes sociais, moradores de comunidades próximas e policiais relatam o estrago. Há informações que cerca de 50 presos fugaram, dentre eles, os que explodiram um carro forte no mês passado e foram presos em Lucena com grande quantidade de armamento. Áudios e vídeos mostram o som de rajadas de metralhadoras.

O portão de acesso à unidade prisional foi totalmente destruído. Policiais militares relataram que os bandidos usaram dinamites e granadas para explodir o portão principal. O bairro de Mangabeira 8 está cercado por policiais.

Informações preliminares indicam que os alvos da busca dos bandidos foram os quatro presos suspeitos de participar do ataque ao carro-forte na BR-230, em Cruz do Espírito Santo, no dia 6 de agosto.

De acordo com a polícia, eles integram uma organização criminosa que atua em todo Brasil. A quadrilha presa na cidade de Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa, no mês passado, era procurada nos estados do Paraná e Rio Grande do Norte, além da Paraíba.

Os quatro presos são paraibanos, das cidades de Pombal, Bom Sucesso e Campina Grande.

Ainda há relatos que um banco na cidade de Conde foi explodido e a sede da PM na cidade foi alvejada a tiros, tudo isso seria para desviar a atenção da PM, para que a ação de resgate dos presos no presídio fosse realizada.

Outros comentários nas redes sociais demonstram preocupação com o radialista Fabiano Gomes que está preso no local.

Quem são os alvos do resgate

A Polícia Civil investiga o caso e as primeiras informações apontam que o objetivo do ataque ao presídio PB1 era resgatar quatro homens que foram presos no mês de agosto em Lucena, na região metropolitana de João Pessoa, após um ataque a um carro-forte.

Eles são acusados de integrar uma quadrilha que atua em todo o país na explosão de caixas eletrônicos e carros-fortes.

Quatro homens foram presos em agosto suspeito de ataque a carro-forte, em Lucena (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)Quatro homens foram presos em agosto suspeito de ataque a carro-forte, em Lucena (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Quatro homens foram presos em agosto suspeito de ataque a carro-forte, em Lucena (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Aulas canceladas

De acordo com o prefeito da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), foram canceladas as aulas do Centro de Informática (CI) e do Centro de Tecnologia e Desenvolvimento Regional (CTDR), localizados no campus do bairro de Mangabeira, em João Pessoa. As atividades do Núcleo de Processamento de Alimentos (NUPPA) e do Laboratório Interdisciplinar de Ensino, Pesquisa e Extensão (LIEPE), na mesma unidade, também foram suspensas.

O prefeito explicou que a decisão da suspensão aconteceu para reforçar a segurança na universidade, já que o campus fica localizado em uma área de mata.

PARAIBA

00:00/01:44

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

MPE pede impugnação da candidatura de Ricardo Coutinho à Prefeitura de João Pessoa

Promotor diz que candidato do PSB não possui quitação eleitoral em razão de multa eleitoral …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.