27 de setembro de 2020
Início / Mais Notícias / 300 padres são acusados de pedofilia na Pensilvânia
Arte em Festa Recepções

300 padres são acusados de pedofilia na Pensilvânia

Suprema Corte da Pensilvânia divulgou nesta terça-feira (14) um relatório em que acusa mais de 300 “padres predadores” de abuso sexual contra mais de mil menores, em crimes encobertos durante décadas pela Igreja Católica, segundo o procurador-geral do estado, Josh Shapiro.

O documento detalha 70 anos de conduta indevida de bispos, padres e outros integrantes da igreja, e os investigadores afirmam que pode haver mais vítimas.
A investigação durou 18 meses e foi conduzida por Shapiro em seis das oito dioceses do estado -Harrisburg, Pittsburgh, Allentown, Scranton, Erie e Greensburg. Segundo o procurador, o relatório detalha “um acobertamento sistemático por autoridades sêniores da igreja na Pensilvânia e no Vaticano“.

Antes desse, houve mais dez relatórios elaborados a partir de investigações nos Estados Unidos, de acordo com o grupo Bishop Accountability, de defesa de direitos das vítimas. Mas esses documentos examinavam apenas uma diocese ou um condado.

Ao jornal The New York Times o reverendo James Faluszczak, de Erin, afirmou que levou os casos de que tinha conhecimento a dois bispos ao longo de cinco anos, mas foi ignorado e teve as acusações minimizadas. “É essa mesma forma de gerenciar segredos que acobertou os predadores”, disse ao jornal.

 

FOLHAPE

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Leilão da Receita Federal tem iPhones, tablets e mais produtos apreendidos em AL, PB, PE e RN

Mercadorias serão vendidas a preços abaixo do mercado. Propostas podem ser enviadas de forma online …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.