1 de outubro de 2020
Início / Paraíba / No enterro do filho, mãe de soldado assassinado critica ausência dos Direitos Humanos: “Se fosse bandido morto estavam todos aqui”;
Arte em Festa Recepções

No enterro do filho, mãe de soldado assassinado critica ausência dos Direitos Humanos: “Se fosse bandido morto estavam todos aqui”;

O enterro do soldado F. Barros morto nesse sábado (30), durante troca de tiros com bandidos em João Pessoa foi marcado por dor e protesto. O sepultamento aconteceu neste domingo (1) no cemitério da cidade de Bayeux, na Grande João Pessoa.

Ao lado do corpo do filho, a mãe do soldado fez um desabafo emocionante. Em tratamento de um câncer de mama, ela criticou a ausência de integrantes dos Direitos Humanos nesse momento de perda.

“Está aqui a minha nora sofrendo com um filho para criar sozinha. Por conta de um bandido safado tirou a vida do meu filho. Cadê os Direitos Humanos? Tem algum integrante aqui ? Não tem nenhum para dizer que vai dar forças. Se fosse um bandido morto estava aqui um monte dos diretos humanos passando a mãe na cabeça da família dizendo que não soube educar”, discursou a mãe emocionada.

 

 

PORTALDOLITORAL

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Justiça de Pedras de Fogo proíbe paredão de som na cidade

Fica proibida a utilização, em veículos de qualquer espécie, de equipamento que produza som audível …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.