20 de setembro de 2020
Início / Paraíba / Santa Rita, PB, tem 26ª maior taxa de homicídios do Brasil, diz estudo
Arte em Festa Recepções

Santa Rita, PB, tem 26ª maior taxa de homicídios do Brasil, diz estudo

A cidade de Santa Rita, na região da Grande João Pessoa, foi apontada como a 26ª cidade do Brasil com maior taxa de homicídio da lista entre 309 cidades com mais de 100 mil habitantes. De acordo com Atlas da Violência 2018, Santa Rita registrou uma taxa de 75 homicídios por grupo de 100 mil habitantes.

Entre as maiores cidades paraibanas, o ranking é completado por João Pessoa, Campina Grande e Patos, no Sertão. João Pessoa, aliás, obteve uma taxa de 44,9 mortes por 100 mil habitantes e foi a capital do Nordeste com a menor taxa, conforme o estudo feito pelo Ipea e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Os dados divulgados nesta sexta-feira (15) são referentes à segunda parte do Altas da Violência, referente aos anos de 2006 e 2016. Na primeira parte, o estudo indicou que a Paraíba apresentou a maior redução na taxa de morte de jovens entre 2015 e 2016 no país. Por outro lado, o mesmo estudo apontou que o número de mortes de mulheres aumentou 70% em 10 anos na Paraíba.

João Pessoa aparece na posição 117, enquanto Campina Grande, com uma taxa de 36,8, ficou na posição 145 e Patos, com 25,2 mortes por 100 mil habitantes, apareceu na colocação de número 192 no ranking divulgado pelo Atlas da Violência.

G1

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Superlotado, Hospital Edson Ramalho suspende atendimentos a partir da próxima segunda-feira

Com a pandemia, o número de atendimentos da unidade mais que dobrou, ficando acima da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.