26 de setembro de 2020
Início / Pernambuco / Policial do Batalhão de Choque que se masturbou em viatura é demitido
Arte em Festa Recepções

Policial do Batalhão de Choque que se masturbou em viatura é demitido

Após um ano e três meses de investigações, um subtenente da Polícia Militar de Pernambuco foi excluído da corporação por se masturbar dentro de uma viatura. A punição do policial, que fazia parte do Batalhão de Choque, foi publicado no Diário Oficial do Estado.

O caso ocorreu em 08 de fevereiro do ano passado, e concluído agora. O subtenente estava largando de serviço e determinou que outra policial, subordinada a ele, trocasse o uniforme por outro de educação física.

Em seguida, pediu que ela o conduzisse da sede do BPChoque até o bairro do Janga, em Paulista. O subtenente sentou no banco traseiro. Segundo a denúncia, foi durante esse trajeto até a residência que o policial se masturbou. A viatura era integrada por outros dois policiais, que nada fizeram para impedir o ato.

Exames de DNA compararam o material biológico masculino encontrado no tapete da viatura, onde foram localizados vestígios de sêmen, e confirmaram que se tratava do material genético do subtenente.

A demissão do policial foi assinada pelo secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. Na decisão, o gestor destacou que o aconselhado ” violou os deveres éticos dos policiais militares”. 

 

FONTE:RONDAJC

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

TCE disponibiliza ao público informações sobre contas rejeitadas

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/PE) lançou, nesta segunda-feira (21), uma nova ferramenta que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.