16 de agosto de 2018
Início / Notícias / Polícia aguarda rendição de suspeitos de atacar carro-forte; soldado é baleado
Kero Site - Agência Digital

Polícia aguarda rendição de suspeitos de atacar carro-forte; soldado é baleado

Um soldado da Polícia Militar da Paraíba foi baleado no início da tarde desta segunda-feira (06) durante troca de tiros com bandidos. O militar participava de uma ação, junto com equipes do Choque da PMPB, na cidade de Lucena, Litoral Norte do estado.

A polícia investigava um grupo que pode estar envolvido na explosão a um carro-forte na manhã de hoje na entrada da cidade de Pedras de Fogo. O grupo criminoso estava em uma caminhonete e foi visto pelos policiais entre os distritos de Lerolândia e Bebelândia, em Santa Rita.

Ao perceber a aproximação da PM, eles atiraram contra as viaturas. Os militares reagiram e, na troca de tiros, um dos policiais acabou sendo atingido de raspão por um disparo na mão.

A cidade, na altura da PB-055, foi cercada por volta de 13h e assim permaneceu até às 15h50. Seis pessoas estão em uma residência e indicaram advogados para negociar a rendição com a polícia.

“A granja está cercada. A princípio as negociações estão acontecendo. Tudo indica que haverá uma rendição. Os advogados que forem indicados por eles, nós vamos oportunizar que se aproximem do local, coordenados por nós da polícia”, explicou o tenente-coronel Barros.

 

T5PARAIBA

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Delegado baleado em supermercado na Paraíba morre após três anos lutando pela vida

Morreu o delegado Leonardo Machado, o qual foi baleado no município de Uiraúna, no Sertão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *