24 de Maio de 2018
Início / Mais Notícias / Bebê palestino morre intoxicado por gás lacrimogêneo em Gaza
Kero Site - Agência Digital

Bebê palestino morre intoxicado por gás lacrimogêneo em Gaza

Um bebê de 8 meses morreu na noite de segunda-feira (14) devido à asfixia causada pelo gás lacrimogêneo lançado pelo Exército de Israel em Gaza durante os protestos de ontem, informaram fontes oficiais da Palestina.

Ashraf Al Qedr, porta-voz do Ministério da Saúde palestino, confirmou a morte da menina, Laila al Gandor, subindo para 59 o número de mortos nas manifestações contra a inauguração da Embaixada dos Estados Unidos em Jerusalém e também na Grande Marcha do Retorno.

Além disso, mais de 2,7 mil palestinos ficaram feridos, a metade deles por bala ou estilhaços.

  • Paramédicos palestinos erguem os braços em meio à fumaça sinalizando que estão apenas recolhendo mortos e feridos na fronteira entre Gaza e Israel, em conflito após protestos contra a inauguração da embaixada dos EUA em Jerusalém (Foto: Thomas Coex/AFP)

Os protestos tiveram a participação de famílias inteiras, atendendo uma chamada do Hamas. Pais, mães, idosos e crianças, alguns dos quais estavam na vanguarda dos protestos.

No entanto, no caso de Laila, sua mãe estava com um grupo de pessoas a um quilômetro de distância da linha da fronteira, perto de barracas de campanha instaladas pelos organizadores, mas o gás lacrimogêneo estendeu até esta área.

 

G1

Inscreva-se em nosso canal!

Sobre pbpeisf

PBPE - Informação Sem Fronteira. As principais notícias do Estado da Paraíba e de Pernambuco você encontra aqui. Confira também os destaques locais das duas cidades irmãs, Itambé-PE e Pedras de Fogo-PB. Notícias, política, entretenimento, cultura, eventos, tecnologia, saúde, educação, esportes, oportunidades e muito mais! Serviços, produtos, downloads, humor, links úteis e notícias do Brasil e do Mundo.

Confira Também

Há dois meses sem salário, professor chora ao ganhar R$ 400 de alunos

Em tempos difíceis, a solidariedade pode ser um grande conforto. Nesta semana, a atitude de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *